O Sexo das Pedras
17 de Fevereiro de 2013
Energia em Pedra
17 de Fevereiro de 2013
Mostrar tudo

Sintonia Kriya ou Canalizar Energia

À nossa volta, dentro de nós e por todo o universo circula energia. Não preciso de provas científicas, embora as haja, pois só necessita de provas quem está numa fase evolutiva densa ou mais limitada. Esta energia existe não só como um invólucro que sustém todas as formas vivas, mas também em todos os corpos ditos não viventes. Um pequeno cristal de quartzo possui o seu próprio campo energético toroidal e da mesma forma a energia circula pela Terra, envolve a Terra no mesmo padrão toroidal e de igual maneira em cada corpo celeste, galáxias, etc.

 

O fluir energético interliga tudo e todos como se fossem membros de uma magnífica orquestra que toca em uníssono e que não se dissocia. Cada um de nós, como seres vivos utilizamos esta energia a todo o momento da nossa existência. Estamos sempre a receber esta energia no nosso campo energético… Esta energia nutre-nos, aumenta-nos, sustem-nos, cura-nos e permite-nos utiliza-la para acções de intervenção energética (como o trabalho que faço de manutenção energética e chakrica ou como o Reiki e todos os seus derivados).

Como terapeuta energético sei da importância vital desta manutenção, mas considero que todos o deviam saber para poderem, por si, trabalhar o seu próprio campo, mantendo estabilidade energética, o fluir natural em forma toroidal, a correcta rotação dos chakras.

Aprender a aumentar e gerir a nossa energia está ao alcance de todos e precisa de pouco mais do que uns minutos diários.

 

Chamo a este exercício essencial Sintonia Kriya. Kriya é, de forma lata, sânscrito para acção, movimento e dinamismo.

É certo que esta técnica funciona melhor para reikianos, ou pacientes meus que já tenham passado por abertura chakral, no entanto é eficaz para qualquer pessoa, até os corajosos cépticos que não receiam descobrir que afinal nem todos os terapeutas alternativos pertencem à classe dos burlões.

 

Praticar a Sintonia Kriya é usar o seu poder de visualização e forçar as energias que nos rodeiam a fluir naturalmente para dentro de si, em grandezas gradualmente maiores e mais naturais. Verá, com o chakra do 3º olho, a energia a fluir à sua volta naturalmente, sentirá os seus chakras a rodarem regenerando o seu corpo energético, psicológico e físico. Sentirá que a energia entra pelo topo da cabeça (chakra coronário), desce pelo tronco e ao longo dos seus braços (preparando os chakras menores das mãos para a sua auto-cura ou para as suas terapias em pacientes), continuando pelos seus membros inferiores até perfazer o caminho natural energético em forma de tórus que envolve cada um de nós.

Este exercício traz-lhe a capacidade de sintonizar a sua energia harmonicamente e naturalmente, canalizando cada vez mais forte para o seu dia-a-dia ou para os seus pacientes. É uma capacidade que temos inata mas, tal como os músculos ou o raciocínio, que necessita de ser exercitada para ser aumentada e catalisada de forma correcta:

 

1. Diariamente, em 15 a 20 minutos (mais do que uma vez se for possível), chame essa energia a si.

2. Comece por colocar uma música que favoreça os estados meditativos, preferencialmente seleccione uma Terapia de Sincronização Cerebral adequada da loja online em CD ou em formato digital através de descarga directa. (Se quiser aconselhamento não hesite em perguntar-me).

3. Coloque-se numa posição confortável mas de pé, com as costas direitas e o peso equilibrado sobre as pernas ligeiramente afastadas (alinhe os pés pelos ombros).

4. Feche os olhos e concentre-se na sua respiração. Sinta cada inalação e exalação como se pudesse ver o ar a entrar e a sair do seu corpo. Acalme o batimento cardíaco e abstraia-se do que está à sua volta.

5. Com os braços caídos coloque as mãos abertas ligeiramente afastadas do seu corpo de forma a não o tocar.

6. Visualize ondas energéticas que a todo o seu redor se canalizam na sua direcção para dentro de si utilizando o topo da sua cabeça (chakra coronário), como se trata-se de um aspirador energético que naturalmente e sem esforço bebe a energia circundante.

7. Sinta essa energia a entrar, se quiser atribua-lhe um branco límpido e brilhante. Sinta a cabeça a aquecer ao ser preenchida com essa energia, em especial entre as sobrancelhas (chakra 3º olho)

8. Permita que a energia siga o seu caminho natural descendo ao pescoço e ombros (zona do chakra laríngeo) preenchendo, aquecendo e distendendo cada célula do corpo.

9. Visualize e sinta como a energia continua a descer pelo seu tronco e braços (passando pelos vários chakras maiores e menores até ao seu chakra raiz, na junção das suas pernas)

10. Deixe que a energia continue o percurso pelas pernas até aos pés, local onde permitirá que saia e devolverá ao ambiente a energia de forma a reconstruir o seu campo energético em tórus (ver imagem)

11. (opcional e dirigido a terapeutas) Levante lentamente as mãos ao nível dos ombros virando a palma das mãos para cima em recepção. Interrompa gradualmente o fluxo energético que conseguiu forçando a energia a pairar na zona das suas mãos preenchendo os chakras menores de cura e sentindo, visualizando, as mãos a aquecerem com a energia e a luz branca que está a fluir. Pense que necessita armazenar uma franca quantidade energética nesses chakras e vsinta, visualizando, que está a encher as mãos de energia natural e ‘amorosa’ como se enchesse uma luva com água morna.

 

Durante este exercício de Sintonização Kriya tenha em atenção os seguintes pontos essenciais:

a) Evite usar anéis, relógios ou joalheria a não ser que cada uma dessas peças tenha uma função prevista (por exemplo a utilização de metais e cristais para efeitos terapêuticos e cristaloterapêuticos)

b) Não deixe a dúvida interferir no processo e não passe julgamentos ao que sente, visualiza ou flui. Espere e acredite que a energia flui. Não se preocupe, não ver o vento não indica que ele não existe!

c) Não faça pressão ou rigidez nos músculos, sinta-se confortável mas relaxado o suficiente. Não se preocupe se tiver de alterar a posição durante o processo.

d) Não se preocupe com perguntas do tipo ‘Estarei a fazer correctamente?’ ou ‘Será que está a funcionar?’. A energia flui e existe por si só e actua naturalmente como tem feito ao longo da sua vida desde que nasceu, ao consciencializar-se e visualizar uma nova intensidade estará a atribuir um movimento consciente e catalisado a esse fluir natural sintonizando-se mais. Claro que a prática leva à perfeição!

 

[error]Não fique perdido a ponderar sobre as sensações que teve ou não em cada um dos momentos desta Sintonia Kriya. Para cada pessoa, para cada campo energético, para cada conjunto da trindade de corpos (energético/psicológico/físico) há uma forma diferente de manifestação que se adequa às experiências de cada um e à abertura do chakra do 3º olho. Pare de se preocupar em sair de si para compreender pois as respostas estão dentro, ganhe consciência do seu potencial energético e intensifique a sua capacidade fazendo a manutenção dos seus campos energéticos (campo presencial energético e camadas auricas)… Pela sua saúde em geral e pela dos seus eventuais pacientes![/error]

Partilhas