Trabalhar a sua sombra!
11 de Setembro de 2013
Que comecem os ‘jogos’…
9 de Outubro de 2013
Mostrar tudo

O Sol Dormente e Caput Draconis

O Sol Dormente e Caput Draconis


Tal como intuí, e não o digo para provar o texto anterior, o senhor Sol que estava num rebuliço nunca registado, durante as duas últimas semanas estacionou de uma forma que até os cientistas astrofísicos consideram completamente anormal ponderando todos os registos anteriores. Uma rápida pesquisa no google demonstra isso mesmo: http://www.sott.net/article/266382-The-sun-goes-strangely-quiet

Nesse mesmo artigo anterior (que pode encontrar em http://pt.guiakarmico.com/setembro-e-a-energia-instrospectiva/ ) expliquei que até , pelo menos, à Lua Cheia de dia 19 entraríamos num processo energético de pausa, uma força introspectiva de peso imensurável. Mas os 14 dias de interlúdio estão a terminar e tivemos aqui a calma antes da tempestade…

As novas energias começam já a pulsar e desta vez o que salta ao olho, a nível astrológico principalmente, é que a Cabeça do Dragão, ou Caput Draconis (também conhecido por alguns sistemas de astrologia como o Nodo Norte) entra em alinhamento com Saturno e Vénus dentro de Escorpião, estando em sextil com Quíron (que mencionei no texto anterior).
A cabeça do dragão é considerada a nossa estrela guia em astrologia, embora não seja sequer um corpo celeste e sim o ponto imaginário do espaço onde a Lua atravessa o caminho aparente do Sol. Com o Sol dormente a Caput Draconis traz de forma severa a noção de verdade como um passo evolutivo obrigatório antes que o Sol ‘acorde’.
A cabeça do dragão traz consigo as verdades absolutas e inconvenientes, e nos próximos dias todos serão confrontados com revelações de cariz indeterminado… mas que serão duras verdades no íntimo e que tocarão o âmago.
Estar em escorpião dá-lhe ainda a noção do caminho conjunto que a humanidade está a atravessar e quem estiver disposto a encarar a verdade terá um percurso muito menos ventoso e mais proveitoso.

Na quinta-feira, dia 19, será o culminar deste interregno de duas semanas e a Lua Cheia virginiana agraciará todos os que usaram este tempo para a auto-cura e as novas verdades para o auto-conhecimento.

Esta é a altura para usarmos diariamente um par de Ónix, Turmalinas ou Obsidianas para manter um enraízamento eficaz face às revelações e dependendo do peso das mesmas um bom banho energético adequado será fulcral nos dias seguintes a 19 de Setembro (qualquer dúvida não hesitem em contactar-me).
Meditações da montanha ou evolutivas são as mais adequadas nesta fase, por nos darem o supracitado e necessário ‘grounding’… e no caso de ser reikiano tome atenção à sua raiz!

Até depois da Lua Cheia e tenham ‘uma hora pequena’ neste renascimento de dentro para fora

Partilhas